Uso racional de medicamentos

USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS: DICAS IMPORTANTES!

Quando falamos sobre o uso racional de medicamentos, a sociedade de forma geral relaciona diretamente com os perigos da automedicação. Realmente são ações que estão diretamente envolvidas, mas fazer o uso racional do medicamento envolve desde a prescrição e orientação médica, até os cuidados que o próprio paciente deve ter na hora de utilizar esses medicamentos.

É muito importante que as recomendações médicas sejam seguidas e relembradas pelos profissionais da saúde no ato da dispensação do medicamento, mas também é preciso que os próprios pacientes fiquem atentos na utilização dos mesmos. É essencial que antes de administrar qualquer medicamento, o paciente leia a bula, pois na mesma contém informações e recomendações importantes, como por exemplo:

  • Efeitos colaterais ou reações adversas que o medicamento pode apresentar;
  • Contraindicações: que são ocasiões em que o medicamento não deve ser utilizado;
  • Armazenamento: Que envolve o local e a qual temperatura o medicamento deve ser mantido para que não haja alterações e comprometa os efeitos terapêuticos do mesmo;
  • Validade: Onde corresponde ao tempo que o medicamento tem de prazo para ser utilizado, entre outras informações importantes!

Vale lembrar que todo paciente deve verificar se os medicamentos não foram violados, ou seja, no caso de soluções ou suspensões, olhar se estão lacradas, e no caso de comprimidos ou cápsulas, se as cartelas não foram danificadas, pois no caso de violados, os medicamentos podem sofrer alterações e dessa forma não apresentar os mesmos efeitos terapêuticos. É importante que os medicamentos, no caso de comprimidos ou cápsulas sejam ingeridos sempre nos horários designados pelos médicos e com água, outros tipos de líquidos (como suco ou leite) só devem ser utilizados no caso de recomendações médicas. Bebidas alcoólicas não devem ser utilizadas junto aos medicamentos, pois podem resultar em problemas como: intoxicações, disfunções intestinais, problemas alérgicos, ou até casos mais graves, já que o álcool pode diminuir ou potencializar o efeito do medicamento. Portanto, seguir as orientações e estando atento com as dicas da bula, o paciente consegue utilizar o medicamento com maior eficácia e segurança.

No surgimento de qualquer dúvida, procurar o seu médico ou o farmacêutico do seu município é essencial.

Prefeitura de Brotas de Macaúbas – Terra de Gente Feliz

 

COMPARTILHAR