Apresentação de teatro Somos Todos José na comunidade de Colônia

Na noite deste sábado (23), centenas de pessoas reuniram na comunidade de Colônia, para assistir à peça de teatro SOMOS TODOS JOSÉ e para participar do leilão beneficente realizado pela Associação Comunitária em prol da construção do Parque de Exposição União e reforma da sede da associação.

A peça de teatro vindo diretamente da capital paulista, se apresentou em cinco cidades da região Oeste da Bahia, entre elas em Brotas de Macaúbas, que somou sua 113ª edição. A ação cultural promovida pela Prefeitura Municipal através da Sala do Empreendedor, em parceria com o Sebrae Bahia teve como objetivo valorizar o agricultor e sua família, além de provocar reflexões sobre temas atuais e fundamentais que promovam a construção de um mundo melhor, como a sustentabilidade, senso coletivo, questões de gênero, meio ambiente e a vida no campo. Na ocasião, o apresentador Manoel de Matos falou sobre cooperação e organização social.

Além dos agricultores e agricultoras familiares da comunidade e região, o evento contou com a presença do Prefeito Litercílio Júnior, a primeira dama Eliene Ferro, secretários e servidores municipais.

A APRESENTAÇÃO

“Prepare o seu coração pras coisas que eu vou contar…” Cantarolando essa música de Geraldo Vandré, o ator Manoel de Matos entra em cena e, de fato, prepara os corações da plateia para as histórias que ele conta durante a peça de teatro intitulada Somos Todos José. Trata-se de um projeto em parceria com o Instituto BioSistêmico (IBS), que mescla objetividade e emoções. Um modo de abordar o homem do campo de forma artística e lúdica, destacando a importância do seu papel no desenvolvimento da sociedade atual.

O espetáculo é um monólogo que tem o José como protagonista. O texto foi concebido pelo próprio ator que também é consultor do IBS e atua há15 anos na área de desenvolvimento humano e organização de grupos de agricultores. Formado em Engenharia Agronômica, Manoel de Matos fez formação em Psicodrama que fundamenta seus trabalhos com grupos nas mais diversas regiões do país.

Inspiração

Foi essa vivência, de muita proximidade com agricultores deste Brasil afora, que o inspirou a escrever Somos Todos José. “A inspiração foi o agricultor em seu ambiente com a vida sendo vivida como ela é para ele. Muitos são os detalhes que vieram de pessoas específicas, mas o protagonista é a mescla das percepções que tive nas minhas relações com esse público”, revela.

“O texto surgiu naturalmente, baseado em histórias reais vividas em muitas das andanças entre diversos grupos de agricultores. Foi feita também uma pesquisa diretamente com os agricultores e com pessoas que convivem e trabalham com eles. Nestas pesquisas, foram confirmadas muitas das percepções presentes no texto e que agregaram elementos artísticos às cenas”, explica Matos.

Para ele, a parte mais difícil foi de construção do papel de ator. “Assumir o protagonismo no palco em movimentos e corpos que não eram meus foi um desafio imenso e que requereu e requer, além de muito trabalho, um processo de transformação próprio muito grande. Outro elemento importante é que toda a peça está baseada nas teorias que embasam o Psicodrama, ou seja, as relações entre os seres humanos, a afetividade e a espontaneidade”, ressalta.

ASCOM | Prefeitura de Brotas de Macaúbas – Terra de Gente Feliz

Fonte: biosistemico.org.br

 

 

 

 

 

COMPARTILHAR